Mulheres no Airsoft: Entrevista com Ingrid Machado

Nossa querida carioca, Ingrid Machado da equipe The Division, nos sede uma entrevista sobre suas experiencias em campo, treinos e oprerações Milsim, ela é veterana e referencia no Rio de Janeiro, uma das operadoras mais sérias, respeitáveis e responsáveis que está de frente também mobilizando a mulherada a jogar Airsoft. A seguir uma adorável conversa com nossa representante do airsoft feminino carioca.


1- Como você conheceu o Airsoft? E a quanto tempo joga?

Vi fotos em redes sociais, me interessei, fui a procura de informações até chegar a uma equipe da minha cidade, SEALs Team Five, me convidaram para conhecer, me acolheram e não parei mais desde esse dia, fazendo 2 anos de airsoft em 2018.

2- Em Cachoeiras de Macacu existem muito operações de Airsoft?  Como é se deslocar do interior do Rio de Janeiro para ir em operações não só de municípios mas para outros estados?

Infelizmente não, os operadores geralmente se deslocam para cidades vizinhas, principalmente na cidade do Rio de Janeiro! Fiz amizades com isso convites de ir a jogos, na maioria saio da minha cidade sozinha de madrugada e pego 2 conduções até chegar a Niterói pegar carona, logo em seguida para o Rio, ou vou no dia anterior e durmo na casa de amigas operadoras que sempre me acolheram nessa aventura até nos dias de hoje! Jogos, quanto mais distante mais desgaste e aventura passo, embora gratificante. Fora do estado duplica tudo vou com gosto, adoro! Rs

3- Já fez treinamentos táticos antes? E que tipo de modalidade joga?

Milsim É a melhor modalidade pra quem gosta de militares e realismo, como eu . Fiz treinamento no CTOC e sempre treinamentos na minha equipe atual, a The Division: Operational Airsoft Team. Onde damos muito foco a treinos que vão de um resgate em ambiente hostil a invasão mais difícil que possa pensar. Desenvolver bem esse estilo na equipe faz parte de um bom planejamento para as regras que jogamos, tais como PMA, SAR, TCA e etc.

4- Qual conselho que vc dá para quem estiver se iniciando no esporte? Que tipo de operações aconselha a mulherada se iniciar?

Olha, como em qualquer esporte aconselho primeiro ir, ver como tudo funciona, saber onde está pisando sabe? Não é um esporte barato e nem fácil. Então é sempre bom ter alguém para lhe iniciar no esporte, isso evita que se gaste com muitas bobeiras desnecessárias e locais de baixa qualidade. A base (iniciantes) são o futuro do esporte.

5- Qual tipo de loadout, AEG e pisola utiliza? E o que acha confortável e seguro? Para iniciantes no esporte que tipo de equipamento aconselha a usar?

A farda primária da equipe é a marpat (digital) Woodland (vale lembrar que, marpat não é camo, é padrão de camuflagem), que por ser uma farda de padrão marpat simula não só o terreno mas também textura, fazendo com que ela se saia bem até mesmo em ambientes onde ela não se encaixaria. A farda secundária da equipe é uma Marpat desert, para ambientes áridos, secos e desérticos. Atualmente, utilizo uma MP7 tan gbbr da WE, que originalmente é produzida pela HK, fábrica alemã de armas muito conhecidas.

6- Fale um pouco de como evoluiu nas operações de Airsoft até jogar puramente Milsim.

Conhecimento nunca é demais, após o curso CTOC mudou minha visão no esporte, na época por ser iniciante pude notar o quanto era necessario evoluir, após curso pus em prática sendo muito satisfatório, além de pesquisar. Tem INSTRUÇÕES que minha equipe proporciona onde fico fascinada a cada treino que fazemos com a quantidade de conteúdo que o Krznicov, nos fornece.
Hoje posso dizer que me encontrei no esporte, equipe, milsim me satisfaz e o conhecimento que busco para a melhoria do esporte. Ser milsim vai além de apenas jogar, acaba se tornando até mesmo um estilo de vida. Você começa a respirar airsoft o tempo todo. Está sempre buscando melhores equipamentos, fazendo treinos cada vez mais avançados e realmente encarna um combatente dentro de campo. Recentemente pudemos colocar tudo em prática na recém passada OZC 2018, experiência única e, recomendo pra mulherada mais experiente no esporte que busquem esses eventos de 24h. Mas treinem… Treinei pesado. A satisfação e grande.
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *